BLOG ACHE PEÇAS

Maiores erros cometidos no uso do freio de estacionamento

O freio de estacionamento – comumente chamado de freio de mão – é um importante sistema do seu carro. Você tem que saber usá-lo corretamente, sob pena de ter gastos desnecessários na oficina!

Houve um tempo em que o freio de mão era acionado só com a mão mesmo, mas hoje em dia ele pode estar no assoalho do carro para ser acionado com o pé, ou ser um simples botão a ser pressionado no console central.

Quem nunca viu aqueles carros antigos, sedans grandões, ícones nas décadas de 1950 a 1970, onde o banco da frente era inteiriço como o banco traseiro?

Nesses carros, tanto a alavanca de marchas quanto o freio de estacionamento ficavam em lugares diferentes. 

A primeira era um apêndice da alavanca de direção. A segunda era como um êmbolo de seringa a ser puxado no painel. 

Com a evolução da indústria automotiva, certas mudanças e padronizações começaram a ser impostas a quase todas as montadoras, por alguma razão relacionada à estilo, funcionalidade e ergonomia. 

Foi assim com o freio de estacionamento, que veio parar no assoalho, do lado direito do banco do motorista. 

Em alguns poucos modelos de automóveis ou em pick-ups em geral, ainda se utiliza o freio de estacionamento no assoalho. Mais peculiaridades ainda há nos caminhões. 

Mas você sabe para que serve o freio de mão? Sabe usar corretamente? 

É o que vamos ver agora. 

Freio de estacionamento sendo usado para... estacionar

Simples como um ovo: para, puxa e sai.

Acontece que muita gente simplesmente não faz isso. Para o carro, deixa engatado e sai.
Isso é desaconselhável pelos especialistas – dentre eles o Seu Zé da Oficina. 

É que você corre o risco de danificar sua caixa de marchas caso um cidadão “encoste” no seu carro com um “pouco mais de energia”, digamos, para poder “estacionar com mais folga”. 

Sim, um folgado qualquer que empurre seu carro engatado pode levar você a visitar uma oficina e gastar uma grana, assim, do nada. 

Isso é especialmente verdade para carros com câmbio automático! 

Procurando câmbio automático? Peças novas e usadas na Ache Peças, de Joinville para todo o Brasil. Clique aqui.

Freio de estacionamento desgastado

Quem nunca acelerou sem se lembrar de baixar a alavanca do freio de estacionamento ao sair? 

É, quem nunca? 

É bom ficar atento porque há casos em que a pessoa começa a dirigir e nem se dá conta do esforço extra a que o veículo está sendo submetido. 

O carro fica amarrado, pesado. O ruído do motor parece mais alto. Nem a luz acesa no painel às vezes adianta. 

E então começa aquele cheiro de queimado... 

É porque movimentar o carro com o freio de mão puxado vai provocar abrasão excessiva no seu sistema de pinças (ou tambor) e vai desgastar suas pastilhas (ou lonas de freio). 

A temperatura aumenta tanto que provoca aquele costumeiro odor mal cheiroso de cabo de panela queimado. 

Um mecânico pode ser necessário e a substituição prematura de peças uma eventual consequência. 

Mas suponhamos que você é uma pessoa mais consciente, que ainda se lembra das aulas de direção quando tirou a carta: usa as setas, não fica por aí buzinando sem motivo, usa o freio de mão... 

E, justamente naquela ladeira, o bendito freio de estacionamento, mesmo sendo puxado no talo, não segura nada e seu carro ainda se movimenta. 

O que está acontecendo? 

Leia também...

QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS PEÇAS QUE COMPÕEM UM MOTOR DE CARRO?

LER ARTIGO

Identificando problemas no seu freio de estacionamento

Existe um cabo de aço que vai da alavanca de acionamento até as lonas ou pinças dos freios traseiros. 

Com o tempo pode (vai) ocorrer um afrouxamento do cabo – mesmo nos veículos com acionamento elétrico, em algum lugar vai haver um cabo de aço – e assim, três cliques ao se puxar a alavanca não são mais suficientes para travar as rodas, quatro cliques então, cinco... 

Hora de perder um tempinho no Seu Zé. 

Manutenção do freio de estacionamento

Há de se fazer uma manutenção no freio de estacionamento, como em todo o resto do seu veículo. 

Seu mecânico pode fazer a regulagem do cabo, inclusive porque essa regulagem faz parte dos itens a serem checados nas revisões programadas de qualquer veículo em garantia, na concessionária. 

Como usar corretamente seu freio de estacionamento

Como disse antes, três cliques ao se puxar a alavanca – quatro no máximo – já são o suficiente para que seu freio de estacionamento esteja acionado. 

Não precisa puxar mais para garantir. 

Digamos que seu carro está carregado, os bancos cheios de apostilas e livros, as anilhas da academia, o criado-mudo da sua sogra que você está levando no marceneiro, malas pesadas no seu porta-malas... 

Aí pode ser que seja necessário um cliquezinho a mais se a rua for especialmente inclinada, mas saiba que ao se abusar do freio de estacionamento, o esforço no cabo de aço é intensificado. 

Sua visita ao mecânico pode ser mais cedo do que o esperado.
Peças para seu freio de estacionamento? Ache Peças.

Uma manutenção preventiva pode ser feita a cada 15 mil quilômetros. 

Geralmente quando você levar seu carro para fazer algum outro serviço no mecânico, pode ser uma boa fazer uma checagem preventiva no cabo de aço. 

Abuse de sua simpatia. Talvez ele nem te cobre a mais por isso. 


Solicite seu orçamento agora mesmo!

WHATSAPP (47) 9.8427-2275
Endereço R. Victor Kursancew, 284 - Costa e Silva, Joinville - SC, 89218-400
Nós usamos cookies
Preferências de cookies
Abaixo, você pode encontrar informações sobre os propósitos pelos quais nós e nossos parceiros usamos cookies e processamos dados. Você pode exercitar suas preferências de processamento e/ou ver detalhes nos sites dos nossos parceiros.
Cookies analíticos Desativar tudo
Cookies funcionais
Other cookies
Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Saiba mais sobre nossa política de cookies.
Alterar preferências Aceitar tudo
Cookies